Presidente estará no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira para entregar obras da Rodovia do Parque | Foto: José Cruz/Agência Brasil/OA

Com viagem marcada para esta sexta-feira (20) ao Rio Grande do Sul, a presidente Dilma Rousseff cancelou a participação que faria na cerimônia de inauguração das novas estações de trem na cidade de Novo Hamburgo, no Vale dos Sinos.

O motivo para a mudança de planos é a greve dos funcionários da Trensurb, que amanhã vai completar uma semana. A informação foi confirmada pelo presidente do Partido dos Trabalhadores do estado, Ary Vanazzi.

Em assembléia na manhã de ontem, os metroviários decidiram manter a paralisação por tempo indeterminado. Eles reclamam de descontos do plano de saúde.

Rodovia do Parque
A vinda de Dilma ao estado, no entanto, está confirmada. A presidente vai inaugurar a BR 448, chamada de Rodovia do Parque. Serão 20 quilômetros de via, com três faixas em cada sentido e velocidade permitida de 100km/h. A expectativa do Dnit é que 40% do já saturado trânsito da BR 116 seja absorvido pela nova rodovia.

Os acessos à Canoas e Esteio pela nova via não ficarão prontos para a solenidade. Os trechos serão entregues em 2014. Em Porto Alegre, já no fim da rodovia no bairro Humaitá, em frente à Arena do Grêmio, o acesso ficará bloqueado. A EPTC considerou que o local ainda não tem como absorver o fluxo de veículos que deve passar pela BR, estimado em 40 mil por dia.

O Tribunal de Contas da União identificou indícios de superfaturamento durante o processo de construção da obra. Houve uma recomendação do órgão de fiscalização e controle para paralisar as obras até o esclarecimento da investigação, mas a Câmara Federal, a quem cabe acatar ou rejeitar a proposta, descartou inviabilizar a inauguração.

Fonte: O Alvoradense