Defesa Civil e Corpo de Bombeiros foram acionados para socorrer as famílias durante a madrugada | Foto: Ricardo Giusti/CP/Especial OA
Defesa Civil e Corpo de Bombeiros foram acionados para socorrer as famílias durante a madrugada | Foto: Ricardo Giusti/CP/Especial OA

Ao menos 400 casas foram alagadas após o rompimento de um dique no bairro Sarandi, na zona Norte de Porto Alegre, ocorrido no início da madrugada deste sábado (31).

Cerca de 50 pessoas ficaram desabrigadas e foram levadas para a Igreja Santa Elisabeth.

Ainda durante a madrugada, equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil chegaram a utilizar botes para resgatar as famílias nos pontos mais baixos. A água invadiu as moradias das vilas Elisabeth, Brasília e Asa Branca.

Dezenas de moradores tentaram salvar móveis e carros. A suspeita da Prefeitura da Capital é que a barragem tenha sido aberta para diminuir a enchente em Alvorada, devido as cheias no Arroio Feijó. Entretanto, a hipótese não foi confirmada. As informações são do Correio do Povo.

Fonte: O Alvoradense