O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) solicitou à Policia Federal que investigasse a divulgação de um gabarito falso no Exame Nacional do Ensin Médio (Enem) de 2013. O falso gabarito começou a circular na internet na noite de terça-feira (22).

Em nota, o Inep relatou que a divulgação do gabarito falso é mais uma tentativa de “gerar um clima de insegurança, como ocorreu em outras oportunidades”, durante o período de realização do Enem.

“O sigilo do gabarito está totalmente preservado e só será divulgado após a realização do exame, conforme prevê o edital. O caso foi encaminhado à Polícia Federal para averiguação, podendo o responsável ser enquadrado no Artigo 311 A do Código Penal”, diz a nota do Inep.

O Enem teve casos de vazamento de questões em 2009 e em 2011. Este ano, o Ministério da Educação tomou uma série de providências para garantir a segurança das provas. Segundo a pasta, elas estão armazenadas em galpões do Exército, com proteção especial. São cerca de 63 mil malotes fechados com cadeado eletrônico e GPS. Os lacres registram o horário do fechamento do malote na gráfica e o horário da abertura no local de aplicação da prova.

O Enem socorrerá no sábado (26) e domingo (27). Mais de 7,1 milhões de candidatos estão inscritos. Eles farão a prova em 1.161 municípios. Os gabaritos, após a realização das provas objetivas, serão divulgados na página do Inep, até o dia 30 de outubro. A data da divulgação do resultado final ainda não foi definida.

Fonte: Agência Brasil