Eleições municipais de 2016 serão as primeiras com as novas normas eleitorais

Confira as alterações que passam a valer nas votações deste ano

141

O sistema eleitoral terá algumas mudanças em 2016, tanto para os eleitores quanto para os candidatos e seus partidos. Em Alvorada, todos devem buscar realizar o recadastramento biométrico. Já os políticos terão mais alterações a cumprir.

O tempo de campanha será mais curto a partir deste ano, passando de 90 para 45 dias. Além disso, os gastos também devem diminuir. Presidente, governadores e prefeitos terão o direito de gastar 70% do valor declarado pelo candidato que mais gastou no pleito anterior. O período de propaganda eleitoral reduziu dez dias, passando a ser de 35 dias em rádio e televisão.

Em caso de rejeição de contas de campanha (ou a não prestação delas) o partido não será punido, mas o candidato pode ter o registro suspenso. Para se candidatar, o político precisará se filiar, pelo menos, seis meses antes das eleições.

No caso da televisão, as propagandas eleitorais não poderão conter efeitos especiais, montagens, trucagens, computação gráfica, edições e/ou desenhos animados. Nos debates, participarão somente candidatos filiados a partidos com mais de nove representantes na Câmara.

Outra mudança válida já para as eleições municipais de 2016 é com relação aos jingles. Nenhum tipo de veículo está permitido a circular pelas cidades tocando músicas de campanhas.

Veículos tocando jingles de campanhas poderão circular até às 22h de 1º de outubro, um dia antes das eleições. Os cavaletes nas ruas, contudo, estão proibidos a partir deste ano.

Fonte: O Alvoradense