Ser Alvorada joga em casa | Foto: Ser Alvorada / Arquivo / OA

A estreia da Série Prata na Boca do Leão foi eletrizante. O Ser Alvorada / São Marcos carimbou a segunda vitória na competição, por 6 a 5 contra o Passo Fundo Futsal, na noite desse sábado (7) em um duelo de muitos reviravoltas.

 Ouça a narração dos gols da partida

A torcida não decepcionou e foi em grande número para acompanhar um também grande jogo.

Ação e reação
O jogo começou rápido e com grande movimentação em quadra. Mesmo com o Passo Fundo dando o ritmo do jogo, André não desperdiçou grande oportunidade e fez um golaço ao tocar de calcanhar por entre as pernas do goleiro. Ele nem deixou os visitantes lamentarem e no minuto seguinte fez nova obra de arte, girou para o lado direito e tocou para o fundo do gol: 2 x 0 para o Leão de Alvorada.

Se a abertura do placar foi rápida, a reação dos visitantes não deixou por menos. Zé Renato, em jogada ensaiada, pegou a defesa dos alvoradenses desatenta e de dentro da grande área descontou para o Passo Fundo em um belo gol de cabeça. Uma nova jogada ensaiada no minuto seguinte permitiu deixar tudo igual em quadra.

O SER começou a apresentar dificuldades em fazer a transição do setor defensivo para o ofensivo. Nas falhas, surgiram oportunidades para o Passo Fundo. Natan não desperdiçou e conseguiu virar o placar: 3 a 2 para o time do Norte do RS.

Antes do intervalo, contudo, Dico encheu o pé, pegou a bola no ar e fez um golaço para deixar tudo igual.

Vira, vira, virou
Se a primeira etapa foi “ligada no 220”, o segundo tempo não deixou por menos. Na conversa de vestiário, o pedido de maior entrosamento deu resultado e o Ser Alvorada / São Marcos começou a trocar mais passes, maior arma do time alvoradense.

O resultado foi consequência. Guga tocou rápido para Pé Fino que sozinho mandou com uma esquerda indefensável e virou novamente o marcador.

O jogo ficou equilibrado, com boas chances em ambos os lados, o que exigiu boas performances dos goleiros Bruno Muralha, do SER, e Gustavo, do Passo Fundo.

O novo empate do time visitante nasceu em uma cobrança de pênalti. Zé Renato mandou no canto direito baixo de Bruno, que fez grande defesa, mas no rebote eles não perdoaram e mandaram para o fundo da rede: 4 a 4.

Na sequência, em bola parada de escanteio, Rafinha mandou para o gol em uma bobeira da defesa de Passo Fundo.

Chico Branco ainda perdeu a oportunidade de fazer o sexto gol dos alvoradenses no minuto final. Chance que não foi perdida por Maicon, do Passo Fundo, que conseguiu arrancar um empate, de novo: 5 a 5.

O que parecia ser um lastimável empate ainda teve nova reviravolta. Uma falta marcada nos dois segundos finais, a quinta do jogo, deu a oportunidade de tiro livro para Pé Fino. O ginásio da Faculdade São Marcos incendiou. Antes da cobrança de falta o técnico do Passo Fundo, Rodrigo Sebastiani, foi expulso ao se exaltar com a arbitragem. Não adiantou reclamar. Pé Fino não errou o alvo e a vitória do SER foi, enfim, carimbada, no segundo final.

O Guarany é o próximo adversário, no sábado (14), em Espumoso.

Fonte: Jonathas Costa / O Alvoradense