Provas estão suspensas durante a greve dos servidores | Foto: Antonio Paz / SARH / OA

O processo de inscrições para o programa CNH Social chegou à sua reta final. Encerram nesta sexta (29) as inscrições de interessados em participar do projeto.

Há alguns dias do encerramento do prazo de o Detran alerta para o elevado fluxo de pessoas que deve aumentar o movimento nos CFCs nesta fase final.

Em 2013 o projeto disponibilizou sete mil vagas e até ontem (25) quase 89 mil pessoas já haviam se inscrito no programa em todo o Estado. Cerca de 1.2 mil apenas no primeiro dia.

A iniciativa reserva 15% das vagas para a população negra o que corresponde à representação de negros e pardos do Rio Grande do Sul. Até o momento, pelo sistema de cotas, o programa recebeu cerca de 12 mil inscrições.

Também está reservada metade do total de vagas para mulheres, que correspondem a 80% das inscrições, aproximadamente 71 mil pessoas.

Do total de vagas disponibilizadas, 1,4 mil estão direcionadas para a primeira habilitação e 4,2 mil destinadas à mudança de categoria. Dessas últimas, 840 são destinadas à mudança para a categoria “C” (caminhões não articulados, tratores e veículos destinados à prática agrícola), 2.940 à mudança para categoria “D” (vans, micro-ônibus, lotação e transporte escolar) e 420 à mudança para categoria “E” (caminhões articulados e ônibus articulados).

Motoristas com CNH categoria B poderão habilitar-se para categoria C e D. Para a categoria C, é necessário ter pelo menos um ano de categoria B, e para a categoria D, dois anos de categoria B e 21 anos de idade completos. Motoristas com as categorias C e D poderão habilitar-se para categoria E. Para tanto, os habilitados na categoria C devem ter um ano de habilitação nesta categoria.

Para se inscrever, o candidato deve dirigir-se a um dos 274 Centros de Formação de Condutores (CFCs) do Estado. É necessário preencher os requisitos para a categoria de habilitação pretendida e estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Para abertura do serviço, deve-se comprovar residência de dois anos no Estado.

Confira onde ficam os CFCs de Alvorada
CFC Alvorada

Av. Presidente Getúlio Vargas, 1200, Centro.
(51) 3483-1408.

CFC Educacional
Rua Alberto Pasqualini, 101, Centro.
(51) 3483-3419.

CFC Prisma
Av. Presidente Getúlio Vargas, 1596, Bela Vista.
(51) 3483-4546.

CFC Sumaré

Rua Esporte Clube União, 58, Sumaré.
(51) 3483-1553.

Fonte: O Alvoradense