Foto: Marcelo Casal Jr / AgBr / Arquivo / OA

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 será aplicado nos dias 17 e 24 de janeiro, na versão impressa, ou seja, inicia neste domingo. A maneira digital da prova realizada de forma piloto para 96 mil candidatos, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Nos dois casos é importante verificar o que é e o que não é permitido neste ano de pandemia.

Além do documento oficial de identificação com foto e da caneta esferográfica de tinta preta transparente, a máscara passa a ser obrigatória.

Entre os documentos aceitos estão a Carteira de Identidade, a CNH, o passaporte e a Carteira de Trabalho emitida após 27 de janeiro de 1997.

É recomendado que os participantes levem pelo menos uma máscara extra para trocar durante a prova. Quanto às outras medidas de segurança, nos locais de prova haverá álcool em gel para que os estudantes higienizam as mãos, mas é permitido que os participantes levem seu próprio produto.

Como se trata de uma prova longa, também é possível levar lanche e água e/ou outras bebidas.

Outra recomendação é que se leve o Cartão de Confirmação da Inscrição, que pode ser acessado na Página do Participante. Nele está, entre outras informações, o local de prova.

As medidas de segurança adotadas em relação à pandemia do novo coronavírus serão as mesmas tanto no Enem impresso quanto no digital. Haverá, por exemplo, um número reduzido de estudantes por sala, para garantir o distanciamento entre os participantes. Durante todo o tempo de realização da prova, os candidatos estarão obrigados a usar máscaras de proteção da forma correta, tapando o nariz e a boca, sob pena de serem eliminados do exame.

Quem for diagnosticado com covid-19, ou apresentar sintomas dessa ou de outras doenças infectocontagiosas até a data do exame, não deverá comparecer e entrar em contato com o Inep pela Página do Participante, ou pelo telefone 0800-616161, e terá direito a fazer a prova na data de reaplicação do Enem, nos dias 23 e 24 de fevereiro.

É proibido

Os candidatos não podem portar durante o exame, nenhum dispositivo eletrônico, como telefones celulares, smartphones, tablets, calculadoras, agendas eletrônicas e/ou similares, pen drive ou similares e até mesmo alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico.

Também não podem ter em mãos fones de ouvido, óculos escuros, boné, chapéu, viseira, gorro ou similares, caneta de material não transparente, lápis, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos, livros, manuais, impressos, anotações, protetor auricular e relógio de qualquer tipo.

Esses devem ser colocados dentro do envelope porta-objetos fornecido pelo aplicador, ao ingressar na sala de provas.

- PUBLICIDADE -