Rua Anita Garibaldi tem a maior quantidade de entulhos | Foto: Jonathas Costa
Rua Anita Garibaldi tem a maior quantidade de entulhos | Foto: Jonathas Costa

Logo que as águas baixaram nos bairros atingidos pelas cheias de julho, equipes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos iniciaram a limpeza das ruas e o recolhimento dos entulhos. Naqueles primeiros dias os trabalhos eram intensos e foram muitas as caçambas retiradas com móveis e eletrodomésticos destruídos pela água e lama.

Ainda assim, muitos foram os moradores que retornaram após esse período, realizando a limpeza nos dias seguintes. E o resultado é uma grande quantidade de entulhos acumulados pelas calçadas e a insatisfação dos moradores, que seguem convivendo com a triste lembrança dos dias de cheias.

• ASSINE: Receba a edição impressa do jornal O Alvoradense em casa

Moradores reclamam da demora para retirar lixos das calçadas | Foto: Jonathas Costa
Moradores reclamam da demora para retirar lixos das calçadas | Foto: Jonathas Costa

O comerciante Cristian de Souza, 31 anos, apesar do pequeno prejuízo por recolher equipamentos e erguer móveis e inclusive o carro, relata que a comunidade da rua Marques do Pombal, onde mora, e arredores, recebeu o apoio de fora durante as cheias. “A prefeitura pouco apareceu por aqui, se tínhamos água potável e alimento para aqueles que não abandonaram suas casas, foi graças à ação de voluntários, muitos vindos de outros municípios e de vizinhos”. Ele mesmo, junto com o irmão, comprou um barco e prestou ajuda a muitos moradores durante os dias de cheia. Agora, também aguarda que a Prefeitura retorne para recolher os entulhos, que se acumulam ao longo das ruas.

De acordo com a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, atualmente os esforços de limpeza estão concentrados na rua Anita Garibaldi, sendo que as demais serão contempladas pelo cronograma das equipes de trabalho. A próxima é a Beira Rio.

Fonte: O Alvoradense