Escola Campos Verdes fica no bairro Onze de Abril | Foto: Artur Madruga / Especial / OA

Três dias depois de encontrar a biblioteca completamente destruída e saqueada, a direção da Escola Estadual Campos Verdes teve outra ingrata surpresa nessa quarta-feira (11). A instituição de ensino, localizada no bairro Onze de Abril, foi novamente alvo de criminosos.

“Desta vez, entraram na nossa cozinha e creche. Levaram equipamentos e dois lava-jatos. Isso está se tornando praxe aqui na escola”, lamentava o secretário Daniel Machado.

A rotina, contudo, não é nova. Segundo Machado, os problemas iniciaram no final do ano quando colocaram fogo na casa do Policial Militar Residente. “Na ocasião, alunos e professores se uniram e conseguiram conter as chamas, mas desde então outras três invasões com furtos foram registradas”.

Como o prédio é grande e possui aberturas de acrílico, os bandidos acabam não encontrando dificuldades para cometer os roubos e atos de vandalismo.

A direção já encaminhou à Secretaria Estadual de Educação (SEC) a solicitação para um novo policial residente no local, uma vez que desde novembro a escola não conta com esse serviço. “Esse pedido está tramitando em regime de urgência na coordenadoria”, garante Machado.

Fonte: O Alvoradense