Um financiamento anunciado na última quinta-feira, dia 14, pelo governo estadual promete reduzir pela metade a criminalidade entre os jovens de 14 a 24 anos nos próximos cinco anos.

Investimentos na área social que somam US$ 56 milhões, captados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), serão usados para investimentos na prevenção à violência, com a instalação de novas casas de internação para jovens infratores.

A previsão é de que o financiamento do BID comece a entrar nos cofres do Estado a partir de março de 2013. O dinheiro será investido nos Centros POD Juventude, na construção de unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase) e no aprimoramento do policiamento comunitário.

O secretário da Justiça e dos Direitos Humanos, Fabiano Pereira, salienta: “Esse recurso tem endereço: será aplicado na área social”. O secretário também destacou que boa parte dos projetos é voltada à geração de oportunidades. “Nós precisamos dar oportunidade, especialmente aos jovens que sofrem com a violência”. O representante do BID no Brasil, Dino Caprirolo, afirma que implantar a ação para prevenir a violência entre jovens com foco na área é inédito, e que Porto Alegre, Viamão e Alvorada é que receberão o benefício da injeção de recursos.

A capital e as duas cidades da região metropolitana são as que concentram o maior número de homicídios do RS: cerca de 31%. O governo do Estado terá até cinco anos para aplicar os recursos. Conforme a diretora do Departamento de Direitos Humanos, Tâmara Biolo, ainda não estão definidos o número de parcelas e o prazo de pagamento dos valores do empréstimo.

Fonte: Aline Vaz / O Alvoradense