Segundo Pompeo, Valter Slayfer não responde mais pelo PDT em Alvorada | Foto: Arquivo Pessoal / OA

A disputa interna no PDT de Alvorada para definir quem será o pré-candidato da sigla à prefeitura teve nesta sexta-feira (22) um novo e importante desdobramento. A Executiva Nacional do partido determinou a intervenção da Executiva Estadual no diretório, que foi desconstituído.

Segundo presidente do PDT no Rio Grande do Sul, deputado federal Pompeo de Mattos, o presidente municipal Valter Slayfer já não responde mais pelo partido em Alvorada. A decisão, justifica Pompeo, ocorre “por uma série de motivos e por interesses internos do partido”.

Uma comissão provisória já foi constituída. O presidente do partido passa a ser Mauro Bestetti Otto. Com a intervenção, todas as decisões já tomadas pelo diretório até este momento estão suspensas, indica Pompeo. “Esta comissão provisória passa a administrar o partido a partir de agora”, explica.

Apesar da intervenção, os membros destituídos não sofrerão penalidades ou restrições. “Eles permanecem filiados e podem concorrer, inclusive a prefeito. Tudo será decidido na convenção”.

Na sexta-feira (15), o diretório havia agendado a convenção do partido para o dia 30/7. A comissão provisória deve definir, a partir de agora, se mantém a data ou promove alguma alteração.

O jornal O Alvoradense procurou o vereador Valter Slayfer e Valmor de Freitas, que respondiam até hoje pela presidência e vice-presidência do partido na cidade, respectivamente. Valter não atendeu às ligações e Valmor afirmou que ainda não havia sido notificado da decisão e que não iria se pronunciar por enquanto.

Fonte: O Alvoradense