Remarcações devem ser feitas no Pam 8| Foto: CCS/Divulgação/OA
Remarcações devem ser feitas no Pam 8| Foto: CCS/Divulgação/OA

Uma falha na transição para o sistema informatizado de agendamento de consultas especializadas ou cirurgias em Alvorada retirou 30 mil pessoas da fila de espera. A informação foi revelada nesta sexta-feira pelo Diário Gaúcho.

Ao jornal a atual secretaria de Saúde, Janete Conzatti, afirmou que quando o sistema começou a ser implementado, ainda na gestão do ex-prefeito João Carlos Brum (PTB), foi decidido que quem tivesse feito encaminhamento antes de 2008, não seria mais chamado. “Em janeiro, ao assumir a pasta, nos deparamos com isso”, revelou.

Após seis meses de buscas pelas pessoas que foram retiradas do sistema, apenas três mil foram reintegradas. Segundo a secretaria, a previsão para o término deste processo é de dois anos.

Quem tem encaminhamento anterior a 2008 deve comparecer à Rua Roberto Souza Feijó, na via do Pan 8, na parada 48, no setor de Marcação de Consulta, com o cartão do Sus, RG, CPF e a contrarreferência em mãos.

Fonte: O Alvoradense