Falta de luz foi o maior problema provocado pelo Yakecan

Efeitos da tempestade subtropical seguem com chuva e possibilidade de ventos fortes ainda nesta quarta-feira

272
Foto: CEEE Equatorial / Divulgação / OA

A chegada do ciclone Yakecan, classificado agora como tempestade subtropical, teve os efeitos bem menores do que os esperados pelos centros de meteorologia. Contudo, sua passagem deixou mais de 200 mil clientes das concessionárias sem energia elétrica no RS, incluindo Alvorada, que está na lista dos municípios mais atingidos pelos fortes ventos.

Conforme a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), que atende a cidade, a falta de luz acontece, principalmente, por conta de objetos, como galhos, que foram jogados pelo vento sobre fios usados para a distribuição de energia.

Na área da CEEE, são 182 mil clientes sem luz e, conforme a assessoria de comunicação da Companhia “não há previsão de conclusão de consertos diante das condições climáticas muito adversas para o trabalho das equipes”.

Alvorada

A Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura, junto com a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros Militar, segue trabalhando na liberação de linhas de transmissão e ruas, corte e recolhimento de árvores que caíram durante a passagem dos fortes ventos.

Contato com a Smov ou Defesa Civil pelos fone (51) 3044.8687, (51) 993.581.284 ou (51) 995.749.320.

De acordo com Vilmar Laureano, responsável pela Defesa Civil do município, foram cinco árvores que caíram e não foi registrado nenhum destelhamento em Alvorada.