Também faltam médicos no PAM 8 / Foto: Arquivo / OA

São muitas as Unidades Básicas de Saúde do município onde há falta de médicos das mais diversas especialidades. E nos locais de atendimento, a informação repassada aos pacientes é que não há previsão para novos agendamentos, conforme denunciado por moradores de Alvorada. Esse é o resultado do fim do contrato com a empresa que fornecia os profissionais da saúde, mais a saída de alguns participantes do Programa Mais Médicos, do Governo Federal.

Os pontos em que há maior procura e, consequentemente, o problema é mais grave, seriam o PAM 8, onde falta endocrinologista; UBS Umbu sem clínico geral e UBS Jardim Aparecida, sem odonto e fonoaudiólogo.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os novos profissionais já estão sendo contratados e devem assumir os cargos nas próximas semanas.

Fonte: O Alvoradense