Ação deve reduzir tempo de espera nas filas / Foto: Mariú Delanhese / Arquivo / OA

O cadastramento no e-Cidade, sistema informatizado do SUS da Secretaria Municipal de Saúde, está causando transtornos, principalmente aos pacientes que buscam atendimento na Farmácia Municipal.

Conforme os usuários do SUS, não houve aviso da mudança e o acesso aos medicamentos só está sendo realizado mediante o cadastramento. Assim, muitas pessoas tiveram que enfrentar a fila por duas ou mais vezes por não portarem os documentos necessários.

Solução
Conforme a Coordenadoria de Comunicação Social da Prefeitura, nesta quinta-feira (7) a Administração Municipal realizou alterações no atendimento da Farmácia Municipal, que conta com 11 guichês de atendimento: dois do Estado, cinco do município e quatro guichês para registro no Sistema de Saúde.

O atendimento no dispensário de medicamentos passa a ser assim distribuído:
– quem retira medicamento do estado, recebe uma ficha e aguarda o atendimento;
– quem retira medicamento do município e já fez o cadastro no Sistema de Saúde, recebe a ficha e aguarda o atendimento.
– quem não fez o registro, passa pelos guichês de cadastramento para depois pegar a ficha e aguardar o atendimento.
Também é possível fazer o cadastramento no PAM 8 e na Secretaria Municipal de Saúde.

Plantão
Para agilizar o atendimento, no sábado (9) acontece plantão de cadastramento no Sistema de Saúde das 8h às 14h na Central do Cidadão, que fica junto à Prefeitura de Alvorada.

Os documentos necessários são comprovante de residência, CPF, RG ou certidão de nascimento e cartão do SUS.

Fonte: O Alvoradense