Produto era rotulado com marcas inexistentes / Foto: Deic / Divulgação / OA

Uma cachaçaria clandestina, localizada no bairro Tijuca, foi fechada pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (25). Foi preso em flagrante o proprietário, de 64 anos,

No local os agentes da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor, Saúde Pública e Propriedade Imaterial (Decon) encontraram cerca de 10 mil litros de bebidas impróprias para consumo. A produção era irregular e o proprietário rotulava as garrafas com 12 marcas diferentes, inexistentes, dizendo que o produto era de Criciúma / SC. Também foi apreendido um caminhão carregado e pronto para distribuição.

A Decon pertence ao Departamento Estadual de Investigações Criminais, Deic, sendo essa ação conjunta com a Secretarias Municipais do Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico e Vigilância Sanitária de Alvorada.

Conforme o delegado Gustavo Bermudes, a ação faz parte de uma intensiva da Especializada na Capital e Região Metropolitana de combate à venda aos consumidores de produtos e mercadorias impróprias para o consumo.

O responsável pela produção e distribuição das bebidas foi autuado em flagrante e será encaminhado ao sistema carcerário gaúcho.

: O Alvoradense