Homicídio no bairro São Pedro ocorreu na madrugada desta quarta-feira | Foto: Divulgação / OA

O feriado de Carnaval registrou, desde sexta-feira (24) até esta quarta-feira de cinzas, cinco homicídios em Alvorada.

Por volta das 17h de sexta, um homem foi encontrado morto na Estrada da Palha, próximo ao terreno da olaria da Brigada Militar, no Distrito industrial.

O corpo estava jogado no matagal com marcas de diversos disparos de arma de fogo. Nenhuma testemunha foi localizada apela Polícia para relatar detalhes do crime.

Na manhã de sábado, dois homens foram encontrados mortos em um terreno baldio na rua Bezerra de Menezes, bairro Stella Maris, próximo a um lixão. A Brigada Militar foi acionada às 9h15min, mas moradores da região disseram ter escutado disparos por volta das 9h.

Os corpos, que seriam de dois jovens de aproximadamente 18 anos, foram deixados em meio ao matagal. Um dos jovens foi morto com 11 tiros e o outro apresentava 14 perfurações pelo corpo, conforme constatou a perícia.

Além disso, uma das vítimas estava com os braços amarrados para trás com um fio elétrico, que ainda estava conectado ao espelho de uma tomada de energia que tinha um carregador de celular pendurado.

Moradores da região disseram ter visto um Volkswagen Fox passar pelo lugar e quatro homens teriam desferido vários tiros contra as vítimas. Um dos jovens foi identificado como Richard Ademir de Mello, 18 anos. O outro jovem, segundo a Polícia Civil, ainda não foi identificado.

Na noite de domingo o corpo de um homem foi localizado na rua Almirante Tamandaré, no bairro Três Figueiras. A identidade da vítima não foi divulgada. Ele foi morto com um tiro na cabeça.

Já na terça-feira, Paulo Ricardo Rodrigues de Lima foi assassinado com diversos tiros, no bairro Jardim Aparecida. E na madrugada desta quarta-feira (1º), Rodrigo Padilha Mendes foi executada com diversos disparos na rua Loureiro da Silva, no bairro São Pedro.

Em cinco dias de feriadão, foram registrados 48 homicídios em todo o Rio Grande do Sul.

Fonte: O Alvoradense