Foto: Comunicação Social / 24º BPM / OA

Cerca de 300 pessoas participavam de uma festa clandestina na madrugada de domingo (2), que acontecia na rua Maris e Barros, Americana.

Após denúncias feitas por telefone, uma equipe da Operação Integrada, que reúne Brigada Militar, Conselho Tutelar, Guarda Civil Municipal e Bombeiros, foi local e constatou som alto e algazarra em uma residência, causada por grande aglomeração de pessoas. Muitas delas fugiram no momento da abordagem, pulando muros e atravessando pátios.

O proprietário da casa foi identificado e detido, encaminhado à Delegacia de Policia de Pronto Atendimento / DPPA de Alvorada, onde foi lavrada ocorrência por descumprimento de Medidas Sanitárias. Os demais participantes foram identificados e liberados, sendo os instrumentos de som apreendidos.

Em tempos de pandemia, a perturbação do sossego alheiro, que é uma contravenção, se agrava por desobedecer Decreto Estadual e Municipal de combate ao novo coronavírus.

Além dos casos de denúncia, a Operação Integrada também fiscaliza bares, pubs, casa de festas e estabelecimentos comerciais.

Foto: Comunicação Social / 24º BPM / OA