Graciela Nienov é a presidente do PTB

Convenção Nacional elegeu a petebista que iniciou trajetória política em Alvorada

552
Foto: Divulgação / OA

“Com Graciela Nienov, a base chega ao topo no PTB, provando duas coisas à classe política: no PTB a mulher tem vez e tem voz, e no PTB a mobilidade democrática traz dos movimentos de base ao assento mais alto da hierarquia do partido os nossos melhores combatentes. Deus abençoe você, Graciela, a repetir o sucesso que a tem acompanhado, mercê do criador, na jornada de sua vida”, assim Roberto Jefferson se referiu à nova presidente do PTB, em carta escrita à mão e lida no início da Convenção Nacional do PTB, na terça-feira (30/11).

A nova presidente é natural de Maravilha, Santa Catarina, chegando ao Rio Grande do Sul, em 2004, com 22 anos, quando se filiou ao Partido e teve sua primeira experiência na política, assumindo o cargo de diretora-geral do Gabinete do prefeito João Carlos Brum.

E foi como alvoradense que ela comandou a militância presidindo a Juventude do PTB no município, onde permaneceu trabalhando na Prefeitura até 2009.

Naquele ano foi eleita presidente da Juventude do PTB do Estado, tornando-se a primeira mulher a assumir o movimento jovem do partido gaúcho.

À frente dos jovens gaúchos Graciela obteve destaque. Em 2010 recebeu das mãos do Presidente Nacional do PTB, Roberto Jefferson, o prêmio José Carlos Martinez, como reconhecimento de seu trabalho dirigindo a juventude petebista do RS. A premiação ocorreu durante o Encontro Nacional da Juventude do PTB em Cuiabá. Graciela foi convidada por Roberto Jefferson a compor a mesa principal representando as juventudes petebistas de todo o País.

Ela permaneceu à frente da Juventude gaúcha até 2013. Em 2015, após um trabalho de militância na campanha eleitoral de 2014 que chamou a atenção de todo o partido, foi convidada a assumir a presidência nacional da Juventude do PTB, tornando-se a primeira mulher a presidir em nível nacional o movimento jovem do partido.

Em 2019 foi eleita presidente nacional do movimento PTB Mulher. Na Convenção Nacional do partido, recebeu de Roberto Jefferson a missão de reconstruir o movimento em todo o país e unir as mulheres para que se transformassem na força-motriz do crescimento da agremiação a nível nacional.

Como presidente do PTB Mulher, iniciou programas como o Vez, Voz e Voto e o Mulheres Empreendedoras Superando a Crise. O resultado do planejamento sob sua gestão foi a conquista do 4º lugar no ranking nacional dos partidos que mais elegeram prefeitas proporcionalmente em relação à quantidade de candidatos, além de diversas outras conquistas para o partido.

Na última Convenção Nacional, realizada em novembro de 2020, foi eleita vice-presidente Nacional do PTB, se firmando como braço direito de Jefferson na articulação política e auxiliando na consolidação do projeto petebista de se tornar o maior partido conservador da América Latina.

Por último, assumiu como presidente Nacional em exercício devido ao afastamento do presidente Roberto Jefferson, determinado pelo STF.

Na carta lida durante a convenção, Jefferson acrescentou: “Vem de família cristã e conservadora, esse é o seu berço. Vem das bases do partido. Conquistou nas ruas do Rio Grande do Sul, peleando, o respeito de todos nós petebistas”.