O varejo gaúcho tem sentido os impactos causados pelos 20 dias de greve dos bancários. A Federação da Câmara dos Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS) avalia que as vendas podem ser prejudicadas em até 30% por conta da greve prolongada.

A dificuldade de acesso ao troco, compensação de cheques, retiradas de dinheiro, limites dos caixas eletrônicos, entre outros, fizeram cair o movimento no comércio. A terceira idade e outros grupos, que em geral não utilizam a internet e nem caixas eletrônicos, não conseguem fazer os pagamentos e retirar dinheiro.

De acordo com a avaliação da FCDL-RS com a chegada do Dia das Crianças e as festas de final de ano, a não obtenção de capital de giro e outras formas de crédito para lojistas de pequeno porte trás prejuízos, impossibilitando as compras antecipadas para estocar produtos e falta de acesso dos consumidores aos serviços bancários.

Bancários decidiram manter a greve
Ontem (07) em assembleia, bancários de todo país decidiram não aceitar a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e manter a greve por tempo indeterminado. A proposta apresentada pela Fenaban que elevou o reajuste de 6,1% para 7,1%, foi considerada “melhoria irrisória” pelo Comando Nacional dos Bancários, que orientou as federações e sindicatos a rejeitar o ganho salarial de 0,97% – parcela acima da inflação de 6,1% acumulada nos últimos 12 meses.

Os bancários pede, reajuste de 11,93%, com aumento real de 5% e valorização do piso salarial e dos vales refeição e alimentação, entre outros benefícios.

De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Rama Financeiro (Contraf) nesta segunda-feira 11.717 agências e centros adminstrativos de bancos públicos e privados foram paralisados em todo país.

Os efeitos da greve já aparecem no mercado financeiro. O Indicador Serasa Experian informou que o número de pessoas em busca de crédito diminuiu 9,8% em setembro, em comparação com o total de agosto, em razão da greve iniciada dia 19 do mês passado.

Fonte: O Alvoradense / Com informações Agência Brasil