Greve nacional: escolas podem parar de hoje até sexta-feira

Mobilização unificada pode atingir escolas da rede estadual e municipal em Alvorada

1528

Professores e funcionários de escola deflagram, a partir desta terça-feira (15), para a greve de três dias chamada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

Nas escolas estaduais, a orientação é de que até quinta-feira as escolas fechem e os educadores, pais, alunos e comunidade escolar participem dos atos organizados pelos núcleos do Cpers/Sindicato.

Na sexta (18), uma assembleia da categoria, no Gigantinho, em Porto Alegre, prevê paralisar as aulas pelo quarto dia consecutivo, quando os educadores deverão avaliar a mobilização e decidir se iniciam uma greve por tempo indeterminado.

A paralisação também pode atingir as escolas públicas municipais. Em Alvorada, os municipários realizam operação-padrão desde a semana passada, o que já tem interferido na rotina das escolas.

O governo estadual emitiu ontem nota reiterando que está fazendo todos os esforços para recuperar o equilíbrio financeiro do Estado, “condição necessária para melhorar a qualidade dos serviços públicos e a remuneração dos servidores”, diz o texto.

Fonte: O Alvoradense / Com informações do Correio do Povo