Turma do Érico visitou Centro Histórico de Porto Alegre | Foto: Divulgação / OA

A história africana e afro-brasileira foi tema de projeto desenvolvido entre os alunos do Ensino Médio do Colégio Estadual Érico Veríssimo durante o mês de novembro. Também foram abordados temas como diversidade de gênero, violência de gênero, diferentes orientações sexuais, homofobia, respeito à terceira idade e desenvolvimento humano.

Os temas foram objeto de pesquisas, seminários, produção de cartazes, fanzines, painéis, elaborações culinárias, manifestações artísticas e realização ao percurso do Negro em Porto Alegre, com o objetivo de reconhecer e valorizar a diversidade humana e suas manifestações histórico-culturais. O projeto foi orientado pelos professores Iva Barbizan, de Geografia, e Irio Almeida, História.

Para Bruno Camargo Weschenfelder, aluno do 3º ano, participar do Percurso Territórios Negros, proporcionou verificar a presença e o legado da Cultura Africana no Centro Histórico de Porto Alegre, através da instalação de obras de arte em espaços públicos. Criado pelo Projeto Museu de Percurso do Negro, o caminho evoca a presença, a memória, o protagonismo social e cultural dos africanos e descendentes no Centro Histórico da cidade.

Fonte: O Alvoradense