Padrasto e amigo foram presos pelo sequestro da menina de nove anos de idade | Foto Mauro Schaefer
Padrasto e amigo foram presos pelo sequestro da menina de nove anos de idade | Foto Mauro Schaefer

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (21) um homem suspeito de ter sequestrado uma menina de nove anos. A ação aconteceu em um ponto de táxi na parada 48, no encontro das ruas Frederico Diehl e 17 de Setembro, no bairro Aparecida. A criança estava desaparecida desde domingo (19).

O homem, de 38 anos, teria agredido a mãe da criança, sua namorada, no final de semana. A discussão aconteceu na casa dela, no bairro Hípica, Zona Sul de Porto Alegre. Após a briga, que deixou a mulher inconsciente, ele teria pego a criança e fugido para a casa de um amigo, em Alvorada. Segundo a polícia, o agressor ainda comentou que iria a Pelotas, onde mora.

A polícia aguardou ele marcar um encontro com a mãe da criança, por não saber onde estava escondida a criança. As ligações estavam sendo monitoradas desde domingo. Os dois foram até o bairro Aparecido, mas com a Polícia Civil acompanhada. Mas ele não estava com a menina, que se encontrava em outra localização com um amigo.

Por ligação, as delegadas Rosane de Oliveira e Tatiana Bastos, da Delegacia da Mulher, e Andréia Magno Lapis, do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (DECA), negociaram com o parceiro do agressor para que ele devolvesse a criança. Ele foi encontrado e também preso.

A criança estava bem assustada quando foi recuperada. Entretanto, ela não apresentava nenhum problema físico. Psicologicamente, segue abalada.

O sequestrador estava com prisão preventiva. Ele já havia sido acusado de cometer um crime semelhante com seus próprios filhos. Agora, foi encaminhado a prisão juntamente ao seu amigo, de Alvorada.

Fonte: O Alvoradense