Incêndio começou por volta das 11h e foi controlado pelos bombeiros no começo da madrugada | Foto: Reprodução RBSTV / OA
Incêndio começou por volta das 11h e foi controlado pelos bombeiros no começo da madrugada | Foto: Reprodução RBSTV / OA

Um incêndio atingiu dez viaturas da Brigada Militar na Academia de Policia (Acadepol) da corporação, localizada no bairro Partenon, zona leste de Porto Alegre. Segundo o Corpo de Bombeiros o fogo começou por volta das 23h30 desta segunda-feira (24)e foi controlado nas primeiras horas da madrugada. Não houve feridos.

Os veículos, da marca Nissan, estavam em preparação para entrar em operação. Quatro deles tiveram perda total em meio às chamas. Outros quatro ficaram parcialmente danificados e outros dois tiveram danos leves. A Brigada Militar isolou a área e não descarta que o incêndio tenha sido criminoso.

A Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícia (IGP) levantarão dados para tentar encontrar as causa do sinistro.

BM abre inquérito para investigar incêndio
A Brigada Militar (BM) abriu inquérito para investigar o incêndio que danificou as viaturas. Quatro caminhonetes Nissan Frontier, que seriam entregues a municípios da Fronteira, foram destruídas. Outras seis sofreram danos parciais.

Os veículos estavam sendo preparados para receber equipamentos de uso policial, como giroflashes e rádio-comunicadores, além do devido emplacamento. Há várias suspeitas sobre a origem do incêndio: que o fogo foi provocado por um artefato lançado de fora para o interior da Academia; que alguém tenha ingressado no local e iniciado o incêndio; ou que tenha ocorrido um curto-circuito em um dos veículos, após a instalação de algum equipamento, que possa ter causado superaquecimento em uma das baterias e iniciando o fogo.

Em entrevista à Rádio Guaíba nesta terça-feira, o chefe da Comunicação Social da BM, major Leandro Balen, garantiu que há segurança na área da Academia de Polícia Militar.

“A Academia é um quartel, ela tem postos de guarda na entrada e patrulhas no interior. A Academia tem três hectares de área, existiam 15 policiais militares em serviço. Ela é um local guarnecido, tem uma portaria de entrada tanto pelo lado da Aparício Borges quanto pela rua do presídio, onde fica o Batalhão de Operações Especiais. Dentro da academia, por ser uma área muito extensa, é feito o patrulhamento a pé”, explicou.

No ano passado, duas viaturas foram incendiadas no pátio da Secretaria Estadual da Segurança Pública com coquetéis molotov jogados da avenida Castelo Branco por cima do muro. O caso permanece sem solução.

Veículos não tinham seguro
Nenhum dos dez veículos que foram atingidos pelo fogo na noite de ontem no pátio da Acadepol possuíam seguro contra danos. Estimados em cerca de R$ 100 mil, cada, o prejuízo para os cofres do Estado chega a cerca de R$1 milhão.

Prejuízos estimados chegam a R$1 milhão | Foto: Reprodução RBSTV
Prejuízos estimados chegam a R$1 milhão | Foto: Reprodução RBSTV / OA

Fonte: O Alvoradense / Com informações Correio do Povo