Inicia a nova etapa de vacinação contra a gripe

Nesta segunda-feira é ampliada a imunização em todo o País

532
Foto: Reprodução / OA

Segundo orientação do Ministerio da Saúde, a partir desta segunda-feira (2) Alvorada passa a vacinar contra a gripe gestantes, mães de recém-nascidos, indígenas, professores, pessoas com deficiência ou doenças crônicas…

Esta segunda etapa, que vai até 3 de junho, amplia a vacinação de idosos, profissionais da saúde e crianças de seis meses a menores de cinco anos e acontece em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município e no Centro de Vacinação, rua Roberto Souza Feijó, 147, junto à Praça Central. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Importante informar que aqueles que pertencem à primeira fase que ainda não foram vacinados, podem ser atendidos. Outro detalhe é que não há necessidade de cumprir intervalo entre a vacina da gripe e qualquer outra, incluindo a da Covid-19. A única exceção para esta regra são as crianças de cinco a 11 anos de idade, que devem aguardar 15 dias entre as doses que protegem contra o coronavírus e a influenza.

Confira quem será atendido na segunda fase:

Gestantes,

Mães que deram à luz há até 45 dias (puérperas),

Indígenas,

Professores e demais trabalhadores de educação do ensino básico e superior,

Pessoas com deficiência permanente,

Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis (veja a lista) e outras condições clínicas especiais (independentemente da idade),

Caminhoneiros,

Trabalhadores de transporte coletivo urbano e de longo curso,

Trabalhadores portuários,

Profissionais das Forças Armadas,

Funcionários do sistema prisional,

População privada de liberdade e

Jovens em medidas socioeducativas.

E seguem os da primeira fase:

Pessoas com mais de 60 anos,

Crianças de seis meses a cinco anos incompletos e

Profissionais da saúde.