O Ministério Público (MP) em Alvorada conseguiu a prisão preventiva de dois integrantes da facção criminosa “Bala na Cara”. Eles são suspeitos de terem matado um homem em setembro de 2012. A ação contou com o apoio da Polícia Civil.

A vítima teria perdido uma arma de fogo ilegal que pertencia a um dos criminosos, o que levou a sua morte. O MP acredita que os dois suspeitos recebiam ordens de dentro do presídio. Eles eram responsáveis pelas cobranças de dívidas do tráfico e checagem dos pontos de venda de drogas.

Este não é o único homicídio que os dois homens são acusados. Também em 2012 eles agiram em conjunto em um crime similar em Alvorada, e por isso foram condenados pelo Tribunal do Júri.

Fonte: O Alvoradense