Diovani tinha 20 anos e trabalhava na Prefeitura de Alvorada | Foto: Arquivo Pessoal / OA

O final de semana registrou duas mortes por afogamento no Litoral Norte gaúcho, ambas de moradores de Alvorada.

No sábado (2), Tiago da Silva Lima, de 18 anos, tomava banho de mar entre as guaritas 196 e 197, na divisa entre Cidreira e Balneário Pinhal, acompanhado do irmão de 14 anos, quando se afogou.

Os dois jovens foram resgatados por salva-vidas por volta das 15h30min. Tiago foi socorrido inconsciente e levado até a areia onde os profissionais tentaram reanimá-lo, sem sucesso. O adolescente de 14 anos foi socorrido e liberado pouco tempo depois de sair da água.

Já no domingo (03), Diovane Trindade Nunes, de 20 anos, caiu no mar na altura da barra do Rio Tramandaí pela manhã, na praia de Tramandaí. Uma equipe de salvamento aéreo foi acionada e o corpo dele encontrado próximo à plataforma, distante cerca de três quilômetros do local da queda.

Diovane tinha 20 anos e era técnico em informática no Departamento Geral de Informática (DGI) da Prefeitura de Alvorada.

As mortes de Tiago e Diovane foram as primeiras por afogamento a serem registradas nas praias gaúchas em 2016. Desde que a Operação Golfinho começou, no dia 19 de dezembro, apenas uma morte havia sido registrada no Litoral Norte.

Fonte: O Alvoradense