Jovens realizam Natal Solidário e chegam à 8ª edição do projeto

Desde 2014 as atividades aconteceram em diversos municípios e agora voltam a Alvorada

317
Foto: Bruna Medeiros / Divulgação / OA

Já está tudo pronto para a próxima edição do projeto Natal Solidário, que em 2021 completa oito anos. Os organizadores encerraram a campanha de arrecadação de doações já na segunda quinzena de novembro e, conforme Tainan Ferrari, “estão com tudo pronto” para, na manhã de domingo (19) atender cerca de 700 crianças previamente cadastradas e moradoras do Sítio dos Açudes. Haverá sorteio de brinquedos, além da distribuição de presentes, lanches e guloseimas, muitas brincadeiras com brinquedos infláveis e a presença do Papai Noel.

Cartinha

O projeto iniciou no Natal de 2014 quando o alvoradense Tainan buscou uma cartinha nos Correios. O pedido era de um videogame e, apesar de atender aquele sonho expresso na carta, comentou com os amigos que o valor do presente poderia proporcionar um feliz Natal para várias outras crianças.

Já naquele ano o grupo se reuniu para realizar um evento em uma comunidade carente. A escolhida foi a Vila Amazônia, no Porto Seco, na Capital, que era conhecida da maioria, por estar no caminho para o trabalho. Eles se programaram para presentear 100 crianças, mas no levantamento identificaram 300. Foi quando passaram a pedir aos conhecidos doações de brinquedos usados em boas condições. Todos eram lavados, consertados, embalados e foram distribuídos. Mas esta primeira experiência trouxe muitos transtornos, porque os presentes eram diferentes, uns grandes, outros pequenos, ou mais novos… “e os pais reclamavam da diferença”, lembra Tainan.

Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação / OA

Assim, no segundo ano surgiu o Projeto Natal Solidário, quando passaram a arrecadas doações em dinheiro com o objetivo de padronizar os presentes. De lá pra cá, a ideia cresceu e se expandiu, sendo que agora, a maioria dos parceiros são empresas e ainda há pessoas que contribuem, vindas de vários municípios. Contudo, a base do projeto foi de alvoradenses, amigos desde o tempo da escola, que perpetuam a amizade com a solidariedade.

Ao todo já foram atendidas mais de quatro mil crianças de Alvorada, Cachoeirinha, Canoas e Gravataí, este ano retornando a Alvorada (fotos no Instagram @onatalsolidario).

E a festa cresceu, com estrutura de palco, aluguel de brinquedos, cenário para o Papai Noel e tudo o mais que este grupo de jovens se propuser a realizar.