Lideranças mobilizadas contra o pedágio na ERS 118

Reunião ocorrida na noite de quarta-feira reuniu políticos e empresários

63
Foto: Divulgação / OA

Lideranças políticas e empresariais tiveram nova reunião do Movimento RS 118 Sem Pedágio, na noite de quarta-feira (06) na sede social da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Alvorada (Acial), com a presença de Darcy Zottis, coordenador do Movimento.

No encontro foram avaliadas as ações realizadas e programados os próximos passos para impedir a implantação de um pedágio na rodovia que corta Alvorada e Viamão, ambos municípios com um dos menores PIBs per capita do Estado, sofrendo ainda mais prejuízos com a implantação de uma praça de pedágio.

O projeto do Governo do Estado prevê a concessão dos 16 quilômetros da ERS 118, entre Gravataí, Alvorada e Viamão, para a iniciativa privada, prevendo a implantação de uma praça de pedágio urbana entre Alvorada e Viamão.

Para políticos e empresários, o pedágio deverá prejudicar a economia dos dois municípios,  pois há possibilidade de que muitas empresas sejam transferidas, ou não se instalem nas cidades, levando em conta o custo adicional do pedágio para os negócios.