Por determinação da juíza Evelise Pancaro, da 2ª Vara Cível da comarca de Alvorada do Tribunal de Justiça do Estado, foi reestabelecido o diretório municipal do PDT de Alvorada.

A ação judicial que pediu a anulação da intervenção da Nacional do Partido e que destituiu o Diretório Municipal, foi apresentada pelo advogado Valmor de Freitas Jr., que representou o presidente Valter Slayfer, vereador Delanor Bif de Lagos, o Preto e o José Carlos da Silva Gomes.

A ação foi julgada e a liminar foi publicada na tarde desta quinta-feira (28). O pedido apresentado falava do processo em nível Nacional ter sido desenvolvido em menos de 10 dias e da falta de diálogo com o PDT de Alvorada, que não foi consultado em nenhum momento.

Conforme o advogado Valmor, “a solução foi encontrada dentro do estatuto do partido, que não foi observado pela Nacional ou Estadual.”

Agora o diretório segue a programação anterior à interdição e realiza sua convenção no domingo (31), conforme já havia sido estipulado pelo diretório. “Temos dois pré-candidatos e entendemos ser o diretório soberano para decidir, em convenção, qual deles vai nos representar nas eleições deste ano”, afirma o advogado, que lembra que o processo segue em juízo, havendo a oportunidade de discussão mais ampla do mérito da questão.

Fonte: O Alvoradense