Manifestantes se reúnem em frente a Assembleia Legislativa contra a proposta | Foto: Divulgação / Arquivo OA

A votação da proposta do Governo do Estado de aumento das alíquotas do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) acontece nesta terça-feira (22). A sessão é na Assembleia Legislativa, início às 14h. Em Porto Alegre, aumentou o número de manifestantes contrários a medida nesta manhã.

Um grupo de servidores públicos já está acampado há dias na Praça da Matriz, no Centro. Outros manifestantes, que carregam uma bandeira da Central Única dos Trabalhadores (CUT), bloquearam a entrada e saída da Capital por volta das 7h. Após a ação, o grupo rumou à Praça da Matriz para se unir aos servidores.

Em frente à Assembleia, carros de som auxiliam no protesto. Foram disponibilizados 290 assentos, que serão divididos igualmente entre contrários e favoráveis a proposta.

Se o projeto for aprovado, a alíquota básica do ICMS eleva de 17% para 18%. Já os serviços de energia elétrica, álcool, gasolina e telefonia sobem de 25% para 30%. A medida faz parte das propostas do Governo do Rio Grande do Sul para gerir a crise financeira.

Fonte: O Alvoradense