Protótipo auxilia na remoção de resíduos | Foto: Divulgação / OA
Protótipo auxilia na remoção de resíduos | Foto: Divulgação / OA

Os trabalhos para limpar o Arroio Feijó seguem firmes em Alvorada. Neste sábado (1), a Defesa Civil utilizou uma máquina experimental, a Chellus I. O protótipo auxilia na remoção de resíduos flutuantes e em terra. Já foram retirados cerca de 400 m² de areia na altura das ruas Oceania e Portugal.

Além da Chellus I, a prefeitura usou uma escavadeira hidráulica, fornecida pelo Governo do Estado. A previsão é de que, ao total, mais de 10 mil metros de areia, entre entulhos e móveis, sejam retirados do arroio.

• ASSINE: Receba a edição impressa do jornal O Alvoradense em casa

A cheia do Arroio Feijó foi o fator agravante para o alagamento do bairro Americana. Há semanas atrás, boa parte dos moradores da região perdeu sua casa e tive que ser abrigado no Ginásio Municipal Tancredo Neves. Muitos ainda não podem voltar para o local.

A limpeza está sendo feita desde 30 de julho. O trabalho necessita de uma máquina emprestada pelo Governo e outro protótipo vindo de Tramandaí. Em nota, a prefeitura pede para que a população não coloque lixo no Arroio Feijó novamente.

• ENCHENTE: Imagens aéreas mostram o drama das cheias no bairro Americana

Fonte: O Alvoradense