Onze pessoas, dois menores, drogas, armas e quase R$20 mil em dinheiro foram apreendidos pela Operação | Foto: Policia Civil / Divulgação / OA
Onze pessoas, dois menores, drogas, armas e quase R$20 mil em dinheiro foram apreendidos pela Operação | Foto: Policia Civil / Divulgação / OA

Uma megaoperação para combater homicídios e tráfico de drogas foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (24) na região Metropolitana de Porto Alegre.

Delegacias de Alvorada, Cachoeirinha e Viamão estão envolvidas na ofensiva da Polícia Civil que tem o objetivo de cumprir 50 mandados de busca e apreensão e nove mandados de prisão preventiva.

Após cinco meses de investigação, na ação de hoje, os policiais apreenderam três pés de maconha,  uma submetralhadora, pistolas, revólveres, meio tijolo de maconha, rádios comunicadores e farta munição de diversos calibres.

Também foi localizado um fuzil e cerca de R$ 16.000,00 em dinheiro, que estavam enterrados em um dos locais de busca.

Para o delegado Maurício Barcellos, titular da 1ª Delegacia (DP) de Policia de Alvorada, e um dos coordenadores da operação Mors, parte da quadrilha de Alvorada foi desarticulada.

O bando vem sendo monitorado desde o mês de julho, quando os integrantes da quadrilha roubaram um ônibus e o colidiram contra a casa do líder do grupo

Conforme o delegado Maurício Barcellos, a ofensiva tem como alvo duas quadrilhas que atuam na região Metropolitana. “Encontramos diversos itens que caracterizam a ligação com homicídios, como armas longas e até coletes à prova de balas”, explicou em entrevista à Rádio Guaíba.

De acordo com o delegado Carlos Wendt, que também coordenou a ação, esta é também,  uma das maiores quadrilhas que atuava em Viamão, principalmente no Bairro São Lucas. Um dos presos, suspeito de ser o lider do bando, era monitorado por tornozeleira eletrônica por ter assassinado uma pessoa a tiros em frente ao fórum de Viamão há, aproximadamente,  três meses.

O rapaz, que é menor de idade, foi apreendido e encaminhado Fundação de Atendimento Sócio-Educacional (FASE).

Cerca de 200 policiais participaram da operação e cumpriram 50 mandados de busca e apreensão e nove mandados de prisão preventiva. Pelo menos 11 pessoas foram presas e dois adolescentes apreendidos.

Fonte: O Alvoradense / Com informações Correio do Povo