Avenida Frederico Dihl foi bloqueada por moradores do bairro Santa Bárbara | Foto: Lisiane Mazuim / Especial / OA

Cansados de aguardar pelo restabelecimento da energia elétrica, moradores de pelo menos quatro bairros da cidade organizaram protestos no início da noite dessa segunda-feira (22).

No Jardim Algarve, há bloqueios na rua Pedro Ismael Claros | Foto: Marcito Luz / Especial / OA
No Jardim Algarve, há bloqueios na rua Pedro Ismael Claros | Foto: Marcito Luz / Especial / OA

Na zona Sul, moradores do bairro Jardim Algarve bloquearam a esquina da rua Mundo Novo com barricadas de fogo. Galhos de árvores também bloqueiam a rua Pedro Ismael Claros.

A principal via de acesso da região, a Hermínio Machado, também ficou com o trânsito trancado e motoristas enfrentam dificuldades para trafegar pela região.

Outra importante avenida da zona Sul, a Frederico Dihl, próximo a sinaleira da avenida Dezessete de Setembro, também foi bloqueada. Dezenas de moradores levaram cartazes para a via e impedem a passagem até mesmo dos ônibus. O congestionamento é grande nos dois sentidos.

Avenida Salomé também foi bloqueada por moradores que pedem a volta da luz | Foto: Neto Girelli / Especial / OA
Avenida Salomé também foi bloqueada por moradores que pedem a volta da luz | Foto: Neto Girelli / Especial / OA

Outro protesto com bloqueio de trânsito e barricadas de fogo aconteceu na avenida Salomé, na zona Leste.

Em todos os casos as reclamação era a mesma: a falta de luz que já dura dois dias. Mais cedo a CEEE afirmou em resposta a’O Alvoradense que ainda não há uma previsão para o restabelecimento da energia elétrica. Em toda a área de concessão da companhia ainda há 10 mil clientes sem luz, a maioria na zona norte de Porto Alegre e nos municípios de Alvorada e Viamão.

Fonte: O Alvoradense