Agentes da 1ª Delegacia de Polícia (DP) de Alvorada, coordenados pelo delegado Mauricio Barison Barcellos, prenderam uma mulher suspeita do homicídio de seu filho, de um mês de idade.

Segundo o delegado, o crime ocorreu no dia 18 de setembro deste ano. Na ocasião, a mulher compareceu ao hospital levando o filho para consulta médica, alegando que ele teria se engasgado com leite. No entanto, as lesões aparentes nos olhos, tórax e cabeça do bebê chamaram a atenção da equipe médica, que acionou polícia e foi registrada ocorrência.

Durante o inquérito policial, apurou-se através de depoimentos de familiares da mulher que ela agredia com frequência seus filhos. Além do bebê morto, a mulher tinha ainda um outro menino de apenas dois anos. As investigações comprovaram a gravidade das lesões e a causa da morte, que segundo a perícia médica foi traumatismo craniano produzido por instrumento contundente, salientou o delegado.

Ao saber que a Justiça havia decretado sua prisão preventiva, a investigada fugiu da cidade. Ela acabou localizada na noite de quinta-feira em Porto Alegre e presa pelos agentes da Polícia Civil. A mulher, que possui 21 anos, foi encaminhado à Penitenciária Madre Pelletier.

Fonte: O Alvoradense