Hoje, O Alvoradense inicia uma nova série de matérias, e iniciamos pela educação em homenagem aos professores nesta data (15/10). Trazemos as principais propostas de cada candidato a prefeitura de Alvorada sobre os assuntos mais relevantes da cidade, conforme consta no plano de governo disponibilizado por cada candidato no TSE.

A seguir veja as principais propostas de cada candidato, em ordem alfabética, relacionadas a educação:

Appolo (MDB):

Ampliar a oferta de vagas na educação infantil;

Fortalecer o acesso de atendimento aos serviços da educação especial e inclusiva;

Fortalecer o processo educacional com a qualificação dos professores, bom ambiente escolar (estrutura física e material), projetos para incentivar o processo de aprendizagem e envolvimento familiar;

Oportunizar aos jovens um maior convívio saudável em cultura, lazer e esporte em várias áreas.

Douglas Martello (DEM):

Implementação do sistema de Vouchers (benefício semelhante ao Bolsa Família, onde os pais podem matricular os filhos em creches e escolas particulares);

Captação de recursos federais e incentivar a iniciativa privada a fim de construir novas escolas de educação infantil e ampliação das vagas nas já existentes;

Investir na formação e qualificação docente, incentivos de desempenho aos docentes, individualizado, por escola e turmas, respeitando as peculiaridades de cada localidade e valorização e maior autonomia das equipes diretivas e corpo docente;

Desenvolver planejamento estratégico de longo prazo em conjunto com Conselho Municipal de Educação e outros representantes da sociedade relacionados ao setor e definir metas de aprendizagem, atuando para maximizar os índices de alfabetização e IDEB;

Garantir o acesso a ferramentas tecnológicas pelos docentes e qualificá-los para otimizarem seu uso, para que as tecnologias digitais possam fazer parte do convívio do aluno;

Fomentar a distribuição geográfica de cursos profissionalizantes pelas diversas regiões da cidade, de acordo com seus perfis e demandas e firmar parcerias com outras instituições para oferta de novos cursos profissionalizantes;

Implementação de atividades em turno inverso, proporcionar ambientes de desenvolvimento de projetos pedagógicos, esportivos e
culturais;

Resgatar atividades rotineiras de civismo e patriotismo, como hasteamento de bandeiras e hinos oficiais, entre outras, em todos os níveis escolares.

Juliano Marinho (PSD)

Aquisição de Tablets ou Notebooks para todos os alunos de 6º ao 9º ano do ensino fundamental;

Zerar o déficit na educação infantil através de parcerias com ONGs, garantindo a universalização da oferta de vagas para nossas crianças;

Vale Livro para todos professores e alunos da rede municipal;

Oferecer cursos profissionalizantes visando à autonomia das mulheres e jovens, auxiliando no ingresso no mercado de trabalho em
conjunto com instituições reconhecidas;

Oferecer Bolsa Formação, onde parte do valor será oferecida em um cartão para consumir no comércio em Alvorada;

Ampliar o atendimento do Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado (CEMAEE) e do Centro de Autismo;

Garantir a formação continuada aos professores e demais trabalhadores da educação.

Junior Caminhoneiro (PSOL)

Ampliação dos processos de participação popular nas gestões escolares com autonomia administrativa, financeira e pedagógica das comunidades escolares, com formação continuada e garantia de estrutura para projetos inovadores em educação;

Estimular a leitura e iniciação científica, resinificando as feiras do Livro e de Ciências;

Oferta de recursos integrados para alunos com deficiência, ampliando o número de salas, unidades de referência e qualificando o centro de especialidades municipal;

Implantação da formação integral em tempo integral para a educação, incluindo a abertura das escolas aos sábados com oficinas e atividades de lazer, e tornar todos os espaços públicos aptos a auxiliar no desenvolvimento formativo da criança e adolescente;

Proposta pedagógica que incentive o avanço dos alunos fora da sua idade escolar, fortalecendo a Educação de Jovens e Adultos, retomando seu sentido original e privilegiando o atendimento de jovens menores de 18 anos durante o dia e no ensino regular;

Política de redução do índice de analfabetismo e evasão escolar com medidas de incentivo debatidas com especialistas e comunidade;

Democratização do acesso à Internet e às mídias digitais como recurso pedagógico para os alunos da rede municipal.

Stela Farias (PT)

Valorização e qualificação permanente para os trabalhadores, especialmente para educação inclusiva e tecnológica;

Gestão democrática, com eleição direta para as direções de escolas municipais e a progressiva implementação da Escola de Tempo Integral;

Abertura de novas turmas na rede pública municipal e em parceria com organizações e associações da sociedade civil garantindo a ampliação de vagas na Educação Infantil;

Criação e ampliação de turmas para a Educação de Jovens e Adultos em todas as regiões da cidade.

Valmor Freitas (CIDADANIA)

Aproximar a equipe de trabalho da Secretaria Municipal de Educação com os docentes e demais funcionários das escolas através de estratégias que contemplem o resgate de valores;

Lutar pelo funcionamento dos laboratórios de informática nas escolas, atendendo a uma demanda de fundamental importância relacionada à carência de recursos tecnológicos de informação e comunicação disponíveis;

Estabelecer e desenvolver diferentes projetos socioeducativos de relevância educacional, como o “Dia da Família”, que possibilitem a inclusão de todos os segmentos da comunidade escolar;

Reestruturar e revitalizar o Centro de Educação Ambiental Sala Verde Ligia Rockenbach, resgatando o atendimento às escolas das redes públicas e privadas de nosso município, suprindo às demandas sociais de caráter ambiental;

Promover a criação e implantação de Núcleos de Educação Ambiental nas escolas, desenvolvendo assim o acompanhamento da Educação Ambiental de forma permanente e continuada;

Criar e estabelecer um Centro de Aperfeiçoamento de Tecnologias de Informação e Mídias Socioeducativas, concentrando e organizando às diferentes produções oriundas de trabalhos efetuados por docentes e discentes da Rede, além de produzir recursos videográficos e midiáticos de relevância;

Promover um novo olhar para a Educação de Jovens e Adultos, através da valorização de seus profissionais, do diagnóstico de suas principais carências e dificuldades e da busca de uma referência organizacional capaz de suprir seus anseios e necessidades.