Bloqueio para entrar no hipermercado gera reclamação e prejuízo | Foto: Divulgação / OA
Bloqueio para entrar no hipermercado gera reclamação e prejuízo | Foto: Divulgação / OA

Não só os consumidores que precisam ir a Porto Alegre para acessar ao maior hipermercado de Alvorada estão se sentindo prejudicados com as mudanças promovidas no trânsito na região da entrada da cidade. Também os comerciantes do local, além da própria direção do empreendimento sentiram a queda no faturamento, que em alguns casos chegou a 40%, provocando demissões e o fechamento de lojas.

A diminuição no valor de negócios no local também impactou os cofres da prefeitura. A estimativa é que aproximadamente R$ 1 milhão deixaram de ser arrecadados em ICMS pelo governo local.

• ASSINE: Receba a edição impressa do jornal O Alvoradense em casa

Para tentar minimizar os problemas, durante a semana o vereador Cristiano Schumacher vistoriou o local acompanhado do secretário de Mobilidade Urbana, Fernando Ramalho. A proposta do vereador é instalar uma sinaleira exclusiva para o acesso ao hipermercado. Para não aumentar o tempo de espera dos motoristas que trafegam no sentido Porto Alegre Alvorada, a ideia é que o tempo do novo semáforo acompanhe o sistema que já opera na região. Os técnicos da secretaria devem avaliar a proposta e apresentar alternativas.

Fonte: O Alvoradense