Mulher de 34 anos coordenava o esquema / Foto: Polícia Civil / Divulgação / OA

Alvorada está entre as cidades em que a Policia Civil desencadeou, nesta sexta-feira (15), a Operação Illuminati. O objetivo da Delegacia de Polícia Regional de Porto Alegre, que coordenou a ação que envolveu 250 policiais no cumprimento de mais de 100 mandados judiciais, foi o combate aos crimes de roubo, furto e clonagem de veículo. Foi desarticulada uma associação criminosa de ampla atuação no Estado, sendo que além de Alvorada e a Capital, também estavam envolvidos criminosos de Butiá, Gravataí, Jaguarão, Santa Maria e Viamão.

Durante a manhã, foram presas 35 pessoas e apreendidas seis armas de fogo, munição, 2,5kg de drogas, dinheiro, seis veículos clonados, documentos de veículos, equipamentos para clonagem e objetos das vítimas.

A produção diária da quadrilha era em torno de seis a oito veículos clonados, a maioria por encomenda, afirmou o delegado Juliano Ferreira. Ele garantiu que a coordenadora do esquema é uma mulher de 34 anos, presa durante a ação.

As investigações vinham acontecendo desde 2014, quando foi preso um integrante da quadrilha, e começou a ser observado a qualidade do trabalho feito por eles. Entre os presos estão um despachante, um dono de ferro velho e um traficante internacional de Jaguarão, conhecido por comprar carros e fornecer armamentos a criminosos.

Após os procedimentos legais, os presos estão sendo encaminhados ao sistema prisional.

Fonte: O Alvoradense