MecaniCapina, que tem contratos com a prefeitura de Alvorada desde 2013, está entre as empresas investigadas | Foto: MPRS / Divulgação / OA

A Promotoria de Justiça Especializada Criminal de Porto Alegre, com apoio da Brigada Militar e do Ministério Público de Contas, cumpriu na manhã desta quarta-feira (17) 18 mandados de busca e apreensão e sete de prisão preventiva em doze cidades gaúchas, entre elas Alvorada.

Batizada de Conexion, a operação combate um cartel formado por empresas do ramo de coleta de resíduos sólidos, prestadoras de serviço em vários municípios do Rio Grande do Sul. Entre as empresas investigadas está a MecaniCapina, que possui contrato com a prefeitura de Alvorada desde 2013.

Segunda a investigação, que durou sete meses, um grupo de empresários fraudava processos licitatórios dividindo o mercado de atuação de cada empresa, o que eliminava o caráter competitivo da disputa.

O MP deve divulgar detalhes sobre a operação ainda nesta quarta-feira.

Fonte: O Alvoradense