Foto: Polícia Civil / OA

Com o objetivo de combater crimes de estelionato e lavagem de dinheiro nesta sexta-feira (04), a Polícia Civil deflagrou a Operação Nero, cumprindo 16 mandados de busca e apreensão em residências e comércios, um em Alvorada, outro em Noiva do Mar, no litoral gaúcho e 14 em Porto Alegre.

O foco foi buscar documentos e objetos que possam auxiliar na investigação policial. Assim, foram apreendidos 10 computadores, sete notebook, 11 celulares, um simulacro de arma de fogo, um revólver, além de diversos documentos e anabolizante.

As investigações iniciaram a partir de dois inquéritos policiais que apuraram incêndios ocorridos num intervalo de 11 meses em dois estabelecimentos comerciais pertencentes aos mesmos donos.

A perícia apurou que os incêndios provocados por ação humana, intencionais e que os estabelecimentos comerciais estavam com dívidas de locação. Por outro lado, tinham seguros em valores altos. Segundo testemunhas, o valor de um dos seguros recebidos teria sido repassado para a conta de uma terceira pessoa, para evitar ações trabalhistas e civis já ajuizadas.