Operação Predador prende suspeito de estupros

O homem, que se passava por motorista de aplicativo, foi reconhecido por duas vítimas

2234
Foto: Divulgação / Deam / Arquivo / OA

Uma ação policial, a Operação Predador, identificou e prendeu na tarde de segunda-feira (8) o suspeito de cometer, pelo menos, dois estupros em Alvorada.

O homem de 30 anos foi identificado por duas vítimas, que sofreram as violências de forma semelhante.

Na noite de quinta-feira (4), após a mulher solicitar uma viagem de aplicativo, o suspeito teria finalizado a corrida durante o trajeto, levando a vítima para um local desabitado, estuprando-a. A ocorrência foi registrada na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), quando foi informada a placa e nome do motorista. Entretanto, o criminoso utilizava a conta de aplicativo do tio de sua namorada. Procurado, este informou que na data e horário do crime, o suspeito é quem estava com o carro.

Outro estupro, ocorrido em fevereiro e com o mesmo “modus operandi”, era investigado pela Deam. Ele igualmente se identificou como motorista de aplicativo, levando a vítima para uma rua desabitada, onde a estuprou.

A partir de informações de populares e com apoio do Setor de Inteligência da Brigada Militar, os agentes da Deam passaram a procurar pelo suspeito, que estava foragido desde o início das investigações. Ele possui antecedentes policiais por estupro, uso de documento falso, receptação e crime de trânsito.

Finalmente foi localizado na tarde de segunda, e encaminhado à Delegacia para reconhecimento pessoal da vítimas, onde foi reconhecido por ambas como autor dos crimes.

Denúncia

A delegada Samieh Bahjat Saleh, titular da Deam Alvorada, solicita que vítimas de estupro semelhantes a estes, que tenha acontecido em Alvorada ou região, entrem em contato com a Polícia Civil, por qualquer canal de comunicação, Whats e Telegram (51) 98444.0606 ou no site www.pc.rs.gov.br

Ressalta a importância das vítimas continuarem pedindo ajuda e de que qualquer pessoa denuncie.