Mulher do presidiário que liderava tráfico em Alvorada foi presa na Operação Espreita, nesta segunda-feira | Foto: Samuel Silveira / OA

Segundo a Polícia Civil, o patrimônio de Nataniel Silva, que cumpre pena no Presídio Central desde 2009 e mesmo assim comandava a quadrilha desarticulada nesta segunda-feira pela Operação Espreita, é de pelo menos R$ 1 milhão.

Para a polícia, trata-se do traficante mais rico de Alvorada. “Mesmo preso Nataniel continuava comandando o tráfico na cidade e movimentando montantes que ficavam entre R$ 40 e 60 mil por mês” afirmou a delegada Graziela Foresti, da 3ª DP de Alvorada.

• FOTOS: Veja mais imagens da operação

A operação já vinha monitorando a movimentação dos traficantes há pelo menos dois meses e, juntamente com Receita e Policia Federal, já haviam constatado os crimes de lavagem de dinheiro e sonegação de impostos.

Segundo a polícia, o dinheiro arrecadado com o tráfico de drogas era revertido em imóveis, jóias, veículos e outros bens não declarados, entre eles até um Jet Sky.

Entre as 24 pessoas detidas na operação estavam a esposa, sogra, mãe e tios do traficante. A responsável pela contabilidade do grupo era Luciana Baer Casarolli, a esposa do presidiário. Junto com ela, Eduardo da Silva Ramos, um dos gerentes do tráfico e considerado o braço-direito de Nataniel, também foi preso.

De acordo com a delegada haviam funcionários dentro da organização, mas todos os membros da “diretoria” eram parentes de Nataniel, que assumiram o comando após a prisão dele.

O grupo possuía 30 contas bancárias em nome de laranjas e Luciana era a responsável pelos depósitos, saques e trocas de dinheiro feitas pela organização. A quadrilha também possuía imóveis para locação. Todos os bens e contas bancárias dos envolvidos na organização já foram bloqueados e eles serão indiciados também pelos crimes de sonegação de impostos e lavagem de dinheiro.

Policia apreendeu, drogas, armas, dinheiro e um jet sky que estava em poder da quadrilha | Foto: Policia Civil / Divulgação / OA

Fonte: O Alvoradense