Eduardo Toledo em cena com o espetáculo "1968 O Último Personagem" | Foto: Josemar Albino / Divulgação / OA
Eduardo Toledo em cena com o espetáculo “1968 O Último Personagem” | Foto: Josemar Albino / Divulgação / OA

O espetáculo “O último Personagem 1968 – Um exercício dramático” do artista alvoradense Eduardo Toledo, conhecido na cidade pelo personagem Mágico Dudu é uma das peças que vai compor o festival Porto Verão Alegre.

Depois de uma temporada em 2012 na Casa de Cultura Mário Quintana o espetáculo de Eduardo Toledo tem apresentações nos dias 14 e 15 de janeiro às 21h no Teatro de Arena – Avenida Borges de Medeiros, 835 – Centro de Porto Alegre.

A história de “O último Personagem 1968 – Um exercício dramático” acontece durante o período militar brasileiro. Por volta de 1968 com a implantação do Ato Instituicional (AI) 5.

Por manifestar contra o atual sistema político do país um homem é detido e levado aos porões da Ditadura Militar.  Na prisão,  ele espera para ser interrogado e torturado. E depara-se com seus medos, angústias, sentimentos de incerteza, desespero e anseio pela liberdade.

Há 15 anos o festival apresenta algumas das mais-bem sucedidas produções do teatro gaúcho. Este ano, o festival vai até o dia 16 de fevereiro e entre os destaques da programação traz produções novas e títulos de longa trajetória como “Bailei na Curva” e “Como Agarrar um Marido antes dos 40”.

Informações sobre compra de ingressos e programação completa do evento você encontra no site do festival.

Fonte: O Alvoradense