Aula Pública aconteceu ao ar livre, na noite de quarta / Foto: Divulgação IFRS / OA

Mesmo sem estar pronta, a sede do Campus Alvorada do Instituto Federal (IFRS), no bairro Campos Verdes, abriu suas portas à comunidade na noite de quarta-feira (4).

Ali aconteceu o lançamento do Projeto Periferua, projeto do Campus Alvorada do IFRS que busca criar um espaço voltado à discussão sobre a sociedade junto à comunidade escolar e comunidade externa dos campi. Proporcionando ao muncípio um espaço de formação, aprendizado e compreensão dos processos sociais e espaciais, por meio da exibição e o fomento de discussões de filmes que versam sobre temáticas presentes na sociedade.

Seguindo esse objetivo, atividade semelhante aconteceu na noite de terça-feira (3), na Escola Municipal Antonio de Godoy.

A programação no IFRS contou com apresentação musical e performance Negra Aláfia dos integrantes da ONG Onédes da Silva, exibição do curta “O dia em que Dorival encarou a guarda” com cine debate com o cineasta e professor do curso de pós-graduação de Criação e Produção de Narrativas Multimídia da ESPM, Eduardo Cabeda e aula pública “A Importância da defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito”, com o professor e historiador da UFRGS, Dr. Luiz Dario Teixeira Ribeiro.

Presentes, além da comunidade e membros do Instituto Federal, o diretor-geral do Campus Alvorada (IFRS), Fábio Marçal, o prefeito do município, Sérgio Bertoldi, e o coordenador do projeto Periferua do Campus Alvorada (IFRS) Neudy Demichei.

Fonte: O Alvoradense