Vanio era membro ativo do PMDB / Foto: Assessoria PMDB / Arquivo / OA

O PMDB realizou convenção na noite de quarta-feira (3), quando homologou a candidatura dos vereadores Arno Appolo do Amaral a prefeito e Vanio Presa a vice, além dos 26 candidatos a vereador. A noite ainda confirmou a coligação com o PSB, que esteve presente com seu presidente Vladimir Massa da Silva, vereador Reginaldo Rocha e demais candidatos a Câmara. O evento recebeu, ainda, a visita dos vereadores Neto Girelli (PTB) e Preto (PDT) e dos candidatos a prefeito e vice do PDT, Valter Slayfer e José Carlos Gomes, que inclusive fez parte da mesa e falou ao microfone.

A sede do partido ficou pequena para os mais de 500 militantes, que empunhavam bandeiras e faixas e gritavam frases e incentivo à candidatura de Appolo. Foram apresentados os então pré-candidatos a vereador, a prefeito e dois a vice, Vanio Presa e José Luis Correa. Houve votação secreta dos membros do diretório municipal, que aprovaram a nominata de vereadores, elegeram Appolo por unanimidade e escolheram o vereador Vanio como vice.

A partir daí a festa se intensificou, com diversas falas e manifestações de apoio. O vereador Reginaldo (PSB) falou da satisfação de acompanhar o PMDB na caminhada para a mudança da cidade, e o vereador e candidato pedetista Valter Slayfer confirmou que o importante é ter como objetivo o melhor para a cidade. “Precisamos pensar na cidade em 2017, independente do partido que ganhar”, disse o adversário de Appolo.

O evento contou também com a presença e a manifestação de apoio dos deputados Federal Alceu Moreira e Estadual Edson Brum, além do diretor da Metroplan, o alvoradense Márcio Barcellos e do ex-prefeito de Torres e representante da Fundação Ulisses Guimarães, João Alberto, que trouxe uma mensagem do ministro Eliseu Padilha.

Em seu pronunciamento, o já candidato Appolo se mostrou confiante com o grupo de candidatos à Câmara de Vereadores, que foi reforçada pelo PSB. “Temos, sem dúvida alguma, a melhor nominata de toda essa eleição”, comemorou.

Ele lembrou ser o PMDB o único partido com cadeira na Câmara de Vereadores que não participou da atual administração e garantiu que vai seguir atendendo a comunidade pessoalmente, assim como fez há mais de 20 anos quando prefeito e seguiu fazendo na sede do PMDB.

Outra promessa foi a dedicação ao ensino profissionalizante, o que considera uma das marcas de sua administração no início dos anos 90. “Quero ver essa energia toda também nas ruas, pedindo votos para a nossa proposta para a cidade. Não esqueçam que, para ganhar essa eleição, dependemos só de nós mesmos”, disse Appolo a uma empolgada militância.

Fonte: O Alvoradense