A policia Civil de Alvorada entregou,nesta segunda feira (06), à Justiça o inquérito que apurou a morte do agente Marcos Kiefer, de 45 anos, morto no começo de dezembro por um policial militar.

De acordo com a investigação os dois sargentos da BM e o policial civil tinham ido até o Hospital de Alvorada para investigar a morte de Luciano Cardoso, o Bolinha. O crime teria ocorrido horas antes na vila Nova Dique, Zona Norte da Capital. A vítima era conhecida tantos dos PMs quanto de Marcos.

Segundo testemunhas, os sargentos teriam agredido parentes da vítima que estava chegando ao hospital em uma  ambulância. Ao tentar dar uma coronhada em um dos rapazes a arma teria disparado atingindo Marcos.

Os dois sargentos da Brigada Militar foram indiciados um por homicídio com dolo eventual e por dois crimes de tortura o outro pelo crime de tortura.

Fonte: O Alvoradense