Foi concluído e remetido ao Poder Judiciário, nesta segunda-feira, o inquérito policial referente às investigações do grupo de extermínio com integrantes do Pelotão de Operações Especiais (POE) do 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM). O grupo que ficou conhecido como Pelotão da Morte é suspeito de um triplo homicídio corrido em agosto de 2008, na Rua Santa Cruz, no Bairro Formosa.

Segundo os Delegados de Polícia Paulo Costa Prado e Wagner Dalcin, que presidiram as investigações, a ação tinha por alvo uma das vítimas, o qual era suspeito de participação no furto da pistola funcional de uma policial e que, em razão desse fato, era seguidamente perseguido e agredido por demais integrantes da corporação.

Uma dessas agressões teria sido levada a conhecimento das autoridades públicas e determinado o indiciamento de três policiais militares pelo delito de tortura. Um desses policiais, o qual, à época dos fatos, integrava o Pelotão de Operações Especiais do 24o Batalhão de Polícia Militar, restou indiciado por três homicídios triplamente qualificados.

Fonte: O Alvoradense