A Polícia Civil de Alvorada identificou a quadrilha que seria responsável pela morte de quatro jovens na noite de domingo no bairro Jardim Algarve. Segundo informações do delegado Cassiano Cabral, o local do crime, que fica no início da avenida Zero Hora, próximo ao Arroio Feijó, é tomado pelo tráfico e está em disputa depois que a liderança foi presa.

O grupo está tentando ocupar possíveis pontos de venda e a ação tinha como objetivo intimidar os rivais. “O ato foi como um aviso, indicando que a partir de então a região teria uma nova liderança”, ressaltou.

O delegado esclareceu, contudo, que as vítimas, que tinham entre 16 e 19 anos, não teriam envolvimento com o tráfico, nem antecedentes criminais. “Por estarem na esquina, os criminosos pensaram que estavam vendendo drogas, mas eles estavam apenas conversando no lugar errado e na hora errada”, concluiu.

Cerca de 15 homens do bairro Timbaúva, em Porto Alegre, chegaram em frente à residência onde havia uma festa e efetuaram mais de 200 disparos de arma de fogo. Além dos quatro mortos, uma adolescente de 13 anos foi baleada nas nádegas. Ela foi hospitalizada, mas não corre risco de perder a vida.

Fonte: O Alvoradense / Com informações do G1