Policial foi morto com um tiro na cabeça | Foto: Jonathas Costa

Um Policial Civil foi morto com um tiro na cabeça na rua Guerra Junqueiro, no bairro Intersul, na tarde desta quinta-feira (16). A vítima era Valdecir Machado, de 58 anos.

O autor do disparo, identificado como Hamilton Wilian Nery Ferreira da Silva, de 23 anos, prestava depoimento na delegacia sobre uma ocorrência da Lei Maria da Penha, quando conseguir fugir do local. A polícia suspeita que ele tenha sido auxiliado por um comparsa.

ASSINE a edição impressa do jornal O Alvoradense

Valdecir decidiu persegui-lo com seu próprio carro e depois de quase 10 km o alcançou na Intersul, próximo à casa onde mora Hamilton. Os dois entraram em luta corporal e o criminoso conseguiu pegar a arma de Valdecir, atirando contra a cabeça do policial. Ele morreu na hora.

Após os disparos, Hamilton deixou o local e escondeu a arma do crime dentro de um bueiro. A polícia realizou buscas na região e acabou localizando o atirador.

Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia da Pronto Atendimento, onde presta depoimento. 

O Corpo de Bombeiros foi acionado para tentar recuperar a arma utilizada no crime.

Fonte: O Alvoradense