Lotações circularam com excesso de passageiros em Porto Alegre na semana passada | Foto: Jonathas Costa/OA
Lotações circularam com excesso de passageiros em Porto Alegre na semana passada | Foto: Jonathas Costa/OA

Porto Alegre entrou na segunda semana de greve dos rodoviários. Sem previsão de acordo entre a categoria e as empresas, veículos escolares foram autorizados a circular a partir desta segunda-feira (03) nas principais avenidas da Capital, o que deve auxiliar às lotações no transporte público.

Pouco mais de 600 vans saíram às ruas para atender a população. A medida tomada pela prefeitura tenta diminuir os prejuízos causados pela paralisação dos ônibus.

Os primeiros veículos escolares começaram a circular por volta das 6h. O movimento de passageiros é grande nas paradas a espera de lotações e vans. Enquanto isso, os rodoviários seguem com piquetes em frente às garagens de ônibus.

Já na início da manhã, na sede da Carris, um dos líderes do comando de greve, Luis Afonso Martins, fez uma manifestação pedindo que os trabalhadores se mantenham unidos para que o movimento não enfraqueça.

Nesse domingo, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) definiu as rotas dos veículos escolares. A Brigada Militar (BM) ocupará pontos estratégicos nos principais eixos de deslocamento para segurança da circulação. No domingo, cerca de 120 vans já circularam na Capital. O valor da tarifa nas vans escolares será o mesmo das passagens das lotações, de R$ 4,20.

Fonte: Correio do Povo